Com fama de um dos melhores da história, Barça vai somando recordes

Desde que a geração de Ronaldinho Gaúcho colocou o Barcelona entre os mais poderosos clubes do mundo, a torcida culé vem se acostumando a ver o time e seus jogadores somarem recordes a cada temporada. Com a conquista do Mundial de Clubes, após vitória por 3 a 0 sobre o River, neste domingo, não foi diferente. Tanto os blaugrana quanto Messi e Daniel Alves deixaram o Estádio Internacional de Yokohama com novas marcas na bagagem.

O Barça, além de ter se tornado o primeiro tricampeão do Mundial de Clubes desde que a Fifa passou a organizar a competição, em 2000, também superou um recorde pessoal. Os gols de Suárez e Messi fizeram o time comandado por Luis Enrique se tornar aquele que mais marcou na história do clube, com 176 gols em um ano, contra 175 de 2012. O torneio foi o 22º título internacional da história do clube, maior vencedor neste quesito – o rival Real tem 20.

Feitos como este fazem o rivais encararem a geração de Lionel Messi, Iniesta e cia. como uma equipe histórica, a melhor dos últimos anos e também uma das mais bem-sucedidas de todo o futebol. Foi assim que o River Plate se referiu aos espanhóis antes e depois do Mundial, para o orgulho dos atletas blaugranas.

– A verdade é que pertencer a um time do qual companheiros de profissão opinam esse tipo de coisa nos deixa orgulhosos. Sobretudo porque é muito difícil dizer quais são as melhores equipes da história. Sobretudo, creio que o que valorizamos e que nunca menosprezamos o rival – disse Mascherano após a vitória sobre seu ex-clube.

Facebook Comentários