Condutor é preso por dirigir embriagado e causar acidente com duas mortes na MS-430

Duas amigas, de 27 e 19 anos, morreram no local; rapaz de 27 anos sofreu apenas fratura no dedo

Está preso o condutor de um veículo que foi completamente queimado em acidente com duas mortes na manhã deste domingo (15), na MS-430, a 30 km de Rio Negro, a 158 km de Campo Grande. O rapaz de 27 anos está detido na Delegacia de Polícia Civil de São Gabriel do Oeste, por suspeita de homicídio culposo e conduzir embriagado veículo automotor.
As vítimas, duas amigas de 19 e 27 anos, tiveram o corpo carbonizado e morreram na rodovia, enquanto o condutor sofreu algumas escoriações e fraturou um dos dedos da mão. Eles seguiam a caminho do terceiro dia de festa do Carnario Folia, carnaval fora de época em Rio Negro, mas o condutor confessou ter consumido bebida alcoólica antes de pegar na direção.
Conforme relatou à polícia civil de São Gabriel, ele perdeu controle em uma curva fechada, o que fez com que o carro Fiat Uno, placas de Ponta Porã, atravessasse o guard rail e parasse de cabeça para baixo. Após isso, o veículo pegou fogo.
Uma das vítimas morreu carbonizada ao lado do carro. Já a outra jovem foi arremessada momentos antes do carro pegar fogo e caiu na vegetação às margens da rodovia. Ela sofreu fraturas múltiplas pelo corpo e pode ter morrido após ter quebrado o pescoço.

Já o rapaz conseguiu sair do veículo antes que este entrasse em chamas, e caminhou pela rodovia até conseguir carona para Rio Negro. No município, buscou atendimento médico e abrigo na casa de um amigo, onde foi encontrado pela polícia por volta de 12h.
Uma equipe da Polícia Militar de Rio Negro preservou o local até a chegada dos Peritos do Núcleo Regional de Perícias de Coxim. Os corpos das vítimas foram encaminhados para o IML (Instituto Médico Legal) de Campo Grande.
O condutor deve ser transferido para a delegacia de Rio Negro, onde o caso será investigado.

Fonte: Amanda Amaral – topmidianews.com.br

Facebook Comentários


web design do sites, Jornalista, Editor.