Data de Hoje - 25/Junho/2019

Corpos de advogada e marido mortos em queda de avião serão cremados

Os corpos da advogada Jane Resina de Oliveira, de 54 anos, e do marido dela, o engenheiro civil, Paulo César de Oliveira, de 61 anos, que morreram na sexta-feira (26), em um acidente aéreo no Paraná, serão cremado na manhã deste sábado (27), em Londrina, também no Paraná.

Segundo a advogada Telma Marcon, sócia de Jane no escritório Resina & Marcon, Advogados Associados, em Campo Grande, a família ainda não definiu o que deve ocorrer com as cinzas do casal.

“Eles eram naturais de Tupã (SP), os pais deles eram amigos. Ainda não sei se as cinzas serão levadas para Campo Grande, para a cidade deles ou se vão ser jogadas em algum lugar que eles gostavam. A família ainda vai definir”, aponta Telma.

Segundo a Polícia Civil, o avião caiu próximo a uma plantação de soja, entre os municípios de Jaguapitã e Porecatu, região norte do Paraná. Ainda não se sabe os motivos que causaram a queda. Os corpos foram recolhidos pelo Instituto Médico-Legal (IML) e levados à Londrina.

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos, da Força Aérea, vai apurar as causas da queda do avião. Ainda não é possível afirmar quem estava pilotando o monomotor, mas Paulo César era piloto. Ele tirou o brevê em 2015, em Campo Grande

.Do G1 MS

Facebook Comentários