Coutinho se esquiva de valores e agradece ao Liverpool por entender seu “sonho”

presentado oficialmente como jogador do Barcelona na manhã desta segunda-feira, Philippe Coutinho encarou os jornalistas pela primeira vez de casa nova. Na entrevista coletiva, o segundo jogador mais caro da história – o valor da transferência pode achegar a €160 milhões (quase R$ 621 milhões) – preferiu não falar de valores e fez questão de agradecer ao Liverpool mais de uma vez por ter entendido seu “sonho”. Arriscou até um espanhol.

– Vou tentar falar em espanhol (risos) – começou ele.

– Estou muito feliz, muito contente. Como disse, é a realização de um sonho. Claro, estou aqui graças a muita gente. Primeiramente Deus, minha família, meus pais, minha esposa, minha filha, que estão sempre comigo em todos os momentos. Queria agradecer também a todo mundo que se esforçou essa semana. Ao presidente, aos dirigentes. Sei que tiveram muita paciência. Quero agradecer ao Liverpool pelos cinco anos que passei, aos dirigentes, ao clube que entendeu que era meu sonho vir para cá. E aos fas do Liverpool pelos cinco anos juntos. Espero ser muito feliz no Barcelona – completou.

O brasileiro também ressaltou o privilégio de atuar ao lado de jogadores como Messi e Iniesta, a quem dirigiu um bocado de elogios. Celebrou a oportunidade por reencontrar o amigo Suárez, com quem jogou no Liverpool, e evitou comparações com Neymar.

– (Suárez e Messi) São dois grandes jogadores. Não preciso falar disso. Jogo com o Neymar na Seleção e somos amigos desde pequeno. O Messi é um grande jogador e estou contente diante da chance de jogar ao seu lado. Tenho a sorte de dividir o vestiário com eles. Sou um jogador diferente do Neymar, temos características diferentes. Vim buscar meu espaço – disse ele.

Facebook Comentários