Dono de empresa de turismo é executado com cinco tiros dentro de casa

O dono de empresa de turismo José Edilson Morais, 40 anos, foi executado a tiros dentro da casa onde morava, na Rua Natal, na Vila Cuiabá, em Dourados, por volta das 19h20min de ontem (22). A esposa da vítima estava no local e também seria assassinada, mas a arma falhou.

Conforme informações do Boletim de Ocorrência, a esposa de José, de 36 anos, contou que o marido recém havia chegado no imóvel em um Gol, apressadamente, aberto o porta e entrado correndo. O atirador, que o perseguia, invadiu o local atirando. O empresário foi atingido por cinco tiros, sendo quatro nas costas e um no braço esquerdo, segundo a polícia.

O autor do crime estava com o rosto coberto por capuz. A mulher contou que depois de executar José, o atirador, ainda, lhe apontou a arma, na cabeça, e apertou o gatilho, mas os tiros não saíram. Em seguida, ele fugiu pulando o muro da casa.

De acordo com a polícia, provavelmente, a arma utilizada foi um revólver de calibre 38. Rastros foram deixados no muro e peritos avaliaram o local.

Uma vizinha disse à polícia que durante o dia havia visto um homem desconhecido rondando a casa de José, como se estivesse monitorando o local. Nada de valor foi levado da vítima. O caso foi registrado como homicídio qualificado por traição, emboscada ou recurso que dificulte ou torne impossível a defesa da vítima.

A Polícia Civil investiga o caso e ainda não se manifestou se há suspeita de autoria e motivação.

 

Facebook Comentários