Em carta, Delcídio nega ameaça a senadores e diz não ter ódio

Senador foi solto após 87 dias preso na Operação Lava Jato.
GloboNews teve acesso a carta que ele enviou aos colegas no Congresso.

Andréia SadiD a GloboNews, em Brasília

Facebook Comentários