Data de Hoje - 18/Novembro/2018

Emenda Parlamentar coloca Prefeito de Murtinho em Corda Bamba.

redacao poranews 1 de novembro de 2018Destaque, Saúde

Emenda Parlamentar coloca prefeito da fronteira na corda bamba e na mira do Ministério Público na cidade de Porto Murtinho no Mato Grosso do Sul.

O prefeito Derley Delevatti (PSDB) da cidade de Porto Murtinho entrou durante a semana em um espiral de contradições em sua administração, onde após uma viagem a capital do Brasil manifestou que até o final do ano o hospital do município contaria com um aparelho de Ultrassom, sendo que o Deputado Federal Geraldo Resende, já teria enviado emendas para o município para a compra de um aparelho de Raios-X e um veiculo tipo Van, que ate o momento não foram adquiridos pelo prefeito de Porto Murtinho o que faz aos deputados a esperar que primeiro se concretize o uso do recurso no valor de 300 mil Reais enviado para o município para a compra do veiculo tipo Van e o aparelho de Raio-X, a assessoria assessoria do Deputado Federal Geraldo Resende em nota a imprensa manifestou que a  “Aquisição de um aparelho de ultrassom é outra demanda que Porto Murtinho têm, mas que nunca me foi solicitada. O que encaminhamos foram recursos da ordem de 300 mil para a compra de um aparelho de Raio-X e de uma Van, 150 mil Reais para cada um, oriundos do Governo do Estado, por meio de contrapartida de emendas que nós havíamos encaminhado para o governo estadual. Foi pactuado com o secretário municipal de saúde e com o prefeito de Porto Murtinho que essa verba iria na modalidade de custeio, para dar mais agilidade na compra dos equipamentos, como foi feito com vários municípios, entre eles Glória de Dourados, Cassilândia e Caracol. Todos os municípios que foram agraciados com recursos nossos nessa modalidade, já compraram os equipamentos e os mesmos já estão sendo usados pela população. Infelizmente, o secretário municipal de Saúde de Porto Murtinho usou os recursos para outras modalidades, que eu não sei quais são. Estive com o prefeito Derley Delevatti no último dia (30) em Brasília e ele nos garantiu que vai fazer todo o esforço para sanar esse equívoco do seu secretário até o final do ano. Estou esperando, e caso não ocorra, iremos empreender outras ações para que o objeto ao qual foi destinado o recurso, seja cumprido”.

Segundo Geraldo Resende, o secretário municipal de Saúde de Porto Murtinho, faltou com a palavra e com o compromisso que ele havia assumido, colocando a população nessa situação de dificuldade de ter acesso a exames de Raio-X, e inclusive de ter um veículo apropriado quando precisa de deslocamento para tratamento de saúde a outra cidade a fim de receber o atendimento necessário, a manifestação do deputado não coloca só o secretário de saúde em má situação mas sim o prefeito que teria perdido o comando do município que deveria administrar e ter conhecimento da forma de atuação dos seus secretários pois o descaso com a saúde da população poderia acabar em uma investigação do Ministério Publico que culminaria inevitavelmente em algumas supostas compras de imóveis e veículos luxuosos em quanto a população sofre na espera por atendimento medico de qualidade no município.

Facebook Comentários