Data de Hoje - 21/Abril/2019

Empresários do ramo hoteleiro e pescadores resolveram fechar o Rio Paraguai em Porto Murtinho em Protesto a cota zero

 

Após reunião feita hoje dia 29 de Janeiro na praça de eventos de Porto Murtinho no Pantanal de Mato grosso do sul , ficou combinado entre empresários do ramo do turismo e todo os cidadãos ligados diretamente e indiretamente com turismo de pesca, de como vai ser o manisfesto contrário ao decreto cota zero no pantanal, que o governador pretende assinar sem ao menos um estudo detalhado, e de ter discutido isso com a classe .

Em reunião que houve a participação de vários empresários, houve a doação de um ônibus para levar representante nessa quarta feira até governadoria geral do estado, em apoio a outras comitivas de várias cidades que também foram pega covardemente de surpresa pelo governador .

Em seguida o grupo também apoiado de colegas do Paraguai decidiram por unanimidade fechar o maior corredor bioceânico da America latina o rio Paraguai , por onde passa 100% no minério de ferro do Brasil , e o gás Boliviano para exportação , Brasileiros e Paraguaios se uniram nessa guerra contra “ditadura ” na qual o governador esta tentando implantar no Pantanal , já que ninguém sabia do que estava acontecendo , e muito menos a chance colocar outras alternativas para a preservação do meio ambiente .

” Vamos fechar o rio sim ,ninguém vai passar, estão privando nossas famílias de trabalhar honestamente assim como nossos vizinhos Brasileiros que também vivem do turismo de pesca, vamos estar dispostos a ajudar nossos vizinhos a lutar pelo seus empregos e o pão de cada dia ” diz empresário do Paraguai que tem 18 funcionários .

“Vamos fechar o rio ,não vai passar nada , já montamos uma equipe jurídica com alguns advogados ,vamos exigir nosso direito de como cidadão Pantaneiro , Minério ,gás ,transporte de passageiros nada vai passar até termos o contato direto com governador e mostrarmos o caminho correto para preservação do meio ambiente ” Diz Reginaldo Sucuri empresário da região junto com outros empresários .

Texto: Postado no Facebook.

 

Facebook Comentários