Jovem é encontrada morta após ex confessar feminicídio por áudio no WhatsApp

Evelyn de Abreu Xavier de 24 anos foi encontrada morta dentro de sua casa no bairro Vila Haro em Três Lagoas, cidade a 325 quilômetros de Campo Grande, neste domingo (25). A polícia encontrou o corpo da jovem após o ex-marido, de 33 anos, de Evelyn ter enviado um áudio via WhatsApp para um amigo dizendo que havia matado a esposa.

No áudio, o autor disse para o amigo avisar a mãe de Evelyn dizendo que teria assassinado a mulher. O áudio foi enviado na tarde deste domingo (25).

De acordo com o site JPNews, uma equipe da Polícia Militar entrou na casa momento em que os policiais encontraram o corpo da vítima em um dos quartos da casa.

No áudio enviado, ele diz que durante uma discussão matou a ex-esposa. Ele também contou que Evelyn estaria com outro relacionamento e por isso ele brigou com ela e a matou. “Ela estava ficando comigo e com outro lá, eu não aguentei. Agora é tarde..já está feito..!!”, diz o suspeito no áudio.

Segundo informações de testemunhas, o principal suspeito não aceitava que Evelyn terminasse o relacionamento. Ainda segundo testemunhas, ela era frequentemente agredida por ele. Eles já estavam separados, mas o suspeito tentava reatar o relacionamento e por vezes ele foi à casa da ex e a ameaçava.

Segundo a equipe médica do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), o corpo já apresenta início de decomposição, isso indica que o homicídio possa ter ocorrido a mais de 24 horas. De acordo com a polícia, a jovem pode ter sido morta por estrangulamento. A polícia está realizando diligências para tentar encontrar o suspeito que já é considerado foragido.

Diego Alves Midiamax

Facebook Comentários