Ministério das Cidades autoriza construção de 1.238 casas populares Moradias serão construídas em 18 municípios de Mato Grosso do Sul

O Ministério das Cidades autorizou a construção de 1.238 casas populares em Mato Grosso do Sul. As Moradias serão construídas em 18 municípios do Estado, incluindo Campo Grande, para pessoas com renda de até R$ 17 mil. Detalhes sobre a autorização foram publicados no Diário Oficial da União de hoje (28).

As 1.682 unidades habitacionais serão construídas com recursos do Fundo de Desenvolvimento Social (FDS) para famílias com renda familiar de até R$ 1,8 mil e do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR) para quem possui renda de até R$ 17 mil, que fazem parte do “Minha Casa Minha Vida”.

Com recursos do FDS serão construídas 144 casas em Água Clara, 352 em Campo Grande, 22 em Chapadão do Sul, 200 em Costa Rica e 141 em Ivinhema.

Com o PNHR serão 30 unidades em Amambai, 162 em Aquidauana, 20 em Caarapó, 117 em Campo Grande, 73 em Corguinho, 16 em Coronel Sapucaia, 50 em Miranda, 90 em Nioaque, 62 em Paranhos, 52 em Ribas do Rio Pardo, 10 em Rio Brilhante, 43 em Santa Rita do Pardo, 51 em Sidrolândia, e outras 47 unidades em Tacuru.

Após a publicação das propostas selecionadas, as contratações deverão ocorrer em até 30 dias.

Em coletiva de imprensa realizada hoje, o prefeito Marcos Trad (PSD), comentou que as novas moradias serão construídas na região do Anhanduizinho, contemplando os bairros Jardim Aero Rancho, Portal das Laranjeiras e Tarumã. “Campo Grande foi contemplada, entre aspas, porque ela preencheu todos os requisitos”, declarou.

O chefe do Executivo Municipal disse ainda que o início do trabalho será imediato. “As máquinas só estão aguardando a secagem do solo para começar os seus trabalhos”, finalizou. (Com assessoria)

Facebook Comentários