Data de Hoje - 24/Março/2019

PGR reitera posição contra concessão de liberdade para João de Deus

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, reiterou sua posição sobre a manutenção da prisão do médium João de Deus, preso após denúncias de abuso sexual contra mulheres em Abadiânia. O ministro Dias Toffoli havia pedido um novo parecer após a defesa apontar fragilidade na saúde do médium.

No documento, Dodge diz que foram apresentadas informações detalhadas sobre a situação do processo e os atendimentos médicos aos quais o médium foi submetido nos últimos dias, quando apresentou sangramento na urina e foi levado ao hospital.

O médium está preso desde o dia 16 de dezembro. Na quarta-feira (2), João de Deus teve sangramento na urina e foi encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Parque Flamboyant.

De lá, ele precisou ser transferido para o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), onde passou por exames mais detalhados. Como a unidade de saúde não viu motivos para uma internação, ele teve alta e foi levado de volta ao presídio já na madrugada de quinta-feira (3).

Facebook Comentários