Data de Hoje - 26/Junho/2019

Polícia faz buscas para apurar tráfico de influência no governo do DF

Polícia Civil do Distrito Federal faz buscas nesta terça-feira (7) para investigar crimes de tráfico de influência no governo, para favorecer negócios privados. Ao todo, são cumpridos 15 mandados de busca e apreensão na operação “12:26”.

Segundo a polícia, são investigadas irregularidades envolvendo pagamentos ao hospital Home e a mudança de destinação de uma área do Lago Norte para a construção do shopping Iguatemi.

As buscas ocorrem na casa e no local de trabalho dos suspeitos, na Casa Civil do governo do DF, na administração regional do Lago Norte e no escritório do Iguatemi, em São Paulo. O Iguatemi afirmou que todos os planos “foram devidamente protocolados” – leia no fim da reportagem o que dizem os citados.

São investigados os crimes de tráfico de influência e advocacia administrativa na atual gestão Rodrigo Rollemberg (PSB). Os mandados foram expedidos pela 4ª Vara Criminal de Brasília. Segundo o delegado-chefe da Coordenação Especial de Combate ao Crime Organizado (Cecor), Fernando César Costa, não há nenhum indício contra o governador Rodrigo Rollemberg.

“Se fosse o caso, o assunto não estaria na 4ª Vara Criminal, estaria no Superior Tribunal de Justiça [STJ]”, declarou.

Segundo o delegado, os alvos da operação “são pessoas que orbitam em vários ambientes da administração pública”. De acordo com Costa, as provas serão analisadas para apurar o que os agentes públicos ganhariam em troca da ajuda às empresas. “O que liga esse grupo é a intenção de fazer prevalecer o interesse privado ao interesse público”, afirmou.

Facebook Comentários