Quadrilha espanca taxista, rouba veículo e dois acabam presos

Taxista, de 45 anos, foi espancado por quatro assaltantes por volta das 18h30min de ontem (26), no Bairro Popular Nova, em Corumbá, a 444 quilômetros da Capital.

Os bandidos tentaram levar o veículo para Bolívia, mas abandonaram o táxi ao serem reconhecidos por um mototaxista. Dos quatro, dois envolvidos acabaram presos.

O assaltante, de 31 anos, que dirigia o veículo em direção à Bolívia decidiu abandonar o carro no Bairro Jatobazinho, próximo ao anel viário.

De acordo com o Diário Online, a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros foram acionados por um motociclista, de 36 anos, que avistou a vitima ensanguentada. A vítima foi conduzida ao pronto-socorro pelos Bombeiros.

Com ajuda de outras equipes policiais, os militares encontraram dois envolvidos, um de 23 e outro de 31 anos. Os dois confessaram o roubo do veículo e afirmaram que renderam o taxista com apoio de outros dois bandidos.

Conforme informado no boletim de ocorrência, o assaltante de 23 anos era o responsável por dirigir o veículo, mas não conseguiu conduzir em alta velocidade e passou na casa de outro comparsa para que o carro fosse dirigido por ele.

CORAGEM PARA ABORDAR

O novo condutor dirigiu o táxi a caminho da Bolívia e um mototaxista viu o carro roubado. Ele questionou os homens que estavam no veículo. Por causa disso, os autores ficaram nervosos e decidiram abandonar o carro.

Dentro do veículo foram encontradas duas camisetas, faca e cinto utilizadas para amarrar a vítima. O taxista sofreu ferimentos de faca, além de ter recebido socos e chutes. O banco traseiro do veículo estava sujo de sangue.

Facebook Comentários