Data de Hoje - 24/Março/2019

Quatro são presos em operação conjunta para localizar assassinos de PM; há confronto

Agentes das polícias Militar e Civil do Rio de Janeiro fazem uma operação em comunidades da Zona Norte do Rio desde as primeiras horas deste domingo (6). O objetivo é localizar e prender os bandidos que balearam o soldado Daniel Henrique Mariotti na tarde de sábado (5) em tentativa de assalto na Linha Amarela. Mariotti morreu horas depois.

Até as 11h30, balanço preliminar dava conta de quatro presos na Comunidade do Mandela, em Benfica – um deles seria gerente do tráfico de drogas. Uma moto roubada foi recuperada.

Em Manguinhos, cerca de meia tonelada de maconha foi apreendida pelo Batalhão de Ação com Cães. Mais cedo, na mesma comunidade, homens da UPP encontraram filtros d’água roubados, além de explosivos.

Amanhecer tenso

No início da madrugada, um blindado era visto em apoio a uma investida do Bope em Manguinhos.

Ao amanhecer, nas redes sociais, moradores registraram o sobrevoo de pelo menos duas aeronaves no Jacarezinho. Há relatos de tiroteio.

As comunidades ocupadas até as 7h15 deste domingo eram:

  • Arará, Benfica;
  • Bandeira 2, Del Castilho;
  • CCPL Morar Carioca, Del Castilho;
  • Jacarezinho;
  • Mandela, Benfica;
  • Manguinhos.

Segundo o Centro de Operações, pode haver interdições temporárias na Avenida Dom Hélder Câmara, principal via da região, na altura do Jacarezinho devido à operação. Para quem segue para Benfica, a melhor opção é a Linha Amarela.

Cão do BAC encontra tabletes de maconha em Manguinhos — Foto: PMERJCão do BAC encontra tabletes de maconha em Manguinhos — Foto: PMERJ

Cão do BAC encontra tabletes de maconha em Manguinhos — Foto: PMERJ

Facebook Comentários