Réu na Lava Jato, José Carlos Bumlai passa a cumprir prisão domiciliar

Justiça converteu prisão preventiva em domiciliar devido a um câncer.Pecuarista foi preso na 21ª fase da operação em novembro de 2015.

O pecuarista José Carlos Bumlai, preso pela 21ª fase da Operação Lava Jato, deixou a cadeia na Região Metropolitana de Curitiba às 13h05 desta segunda-feira (21), de acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Paraná. Do Complexo Médico-Penal, em Pinhais, ele seguiu para a Justiça Federal para colocar tornozeleira eletrônica.

Durante três meses, ele ficará em prisão domiciliar sob monitoramento. Após este período, a Justiça deve reavaliar se o réu segue ou não em regime domiciliar.

Bumlai responde por corrupção passiva, gestão fraudulenta e lavagem de dinheiro perante a Justiça Federal. A 21ª fase da operação, deflagrada em novembro de 2015, recebeu o nome de “Passe Livre” devido à amizade entre o pecuarista e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que passou a ser investigado na 24ª etapa.

A prisão dele foi convertida de preventiva para domiciliar na sexta-feira (18) em virtude de umcâncer diagnosticado na bexiga. Os advogados de Bumlai alegaram que o cliente tem 71 anos e outras doenças crônicas.

Facebook Comentários