Data de Hoje - 20/Junho/2019

Ricardo Ayache volta ao PSB e assume comando do partido em MS

O PSB (Partido Socialista Brasileiro) tem novo comando em Mato Grosso do Sul. Como antecipado pelo Midiamax, o presidente da Cassems (Caixa de Assistência dos Servidores de MS), Ricardo Ayache, volta ao barco socialista e substitui o ex-deputado federal Elizeu Dionísio na presidência estadual da sigla.

A filiação do médico cardiologista ocorreu na sede do partido, em Brasília, na última quinta-feira (23). Ayache deixou o partido às vésperas da eleição de 2018, quando seu nome chegou a ser cotado na disputa ao Governo.

Líder do PSB na Câmara Municipal de Campo Grande, o vereador Carlos Augusto Borges, o Carlão, foi até Brasília articular a mudança na presidência regional, diante da indefinição sobre o comando de Elizeu. Ayache retorna à sigla – que conta com 4 prefeitos, 3 vices-prefeitos e 61 vereadores –  com objetivo de reorganizar e fortalecer as bases para 2020 e 2022.

“Assumimos o comando do partido com grande entusiasmo e enorme responsabilidade de estabelecer o diálogo permanente com os filiados, prefeitos, vice-prefeitos e vereadores para fortalecer o PSB para 2020 e 2022, mas, sobretudo, colocar o partido em contato direto com a população do nosso Estado”, afirma o novo presidente regional.

Além de Ayache, a executiva estadual é composta pelo vice-presidente, Aluísio São José (Prefeito de Coxim), José Ancelmo dos Santos, Thaísa Daiane e Adelaido Luiz Espinosa. “Temos a certeza de que o Ricardo Ayache e os outros integrantes da executiva tem total capacidade de fazer o PSB crescer em Mato Grosso do Sul, antenado com os anseios da população e fortalecendo as bases humanitárias do nosso partido”, pontua Carlos Siqueira, presidente nacional da sigla.

Facebook Comentários