Data de Hoje - 27/Maio/2019

SAÚDE Hospital da Cassems é credenciado para realizar transplante de coração

Ministério da Saúde concedeu autorização para que o Hospital Cassems de Campo Grande realize a retirada e transplante de coração. Portaria autorizando o procedimento foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (26). Atualmente, nenhum hospital do Estado é autorizado a realizar a cirurgia, apenas a captação.

A unidade hospitalar da Capital foi a única contemplada com a liberação para transplantes cardíacos e a equipe terá como responsável técnico o cirurgião cardiovascular Carlos Barbosa. Além dele, também compõe a equipe os médicos cardiologistas Carolina Figueiroa de Brito e Mauro Rogério de Barros Wanderley júnior, o cirurgião torácico Diogo Gomes Augusto e os anestesiologistas Lilian Queiroz de Paula Lorentz e Rafael Nascimento.

Processo para que o hospital fosse credenciado como unidade transplantadora começou há mais de um ano e foi iniciado com a captação de órgãoes. Depois, houve autorização do Governo do Estado para a realização de transplantes e, em parceria com o Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (Incor), foram realizadas aulas semanais para a equipe que coordenará o processo.

Segundo o cirurgião cardiovascular Carlos Barbosa, desde 2013 Campo Grande não realiza transplante de coração e com “o credenciamento do Hospital Cassems será possível iniciar uma nova fase no intuito de salvar vidas e contribuir para a redução da fila de espera por um coração”.

CREDENCIADOS

De acordo com a Central de Transplantes de Mato Grosso do Sul (CET/MS), até então, no Estado podem ser realizadas apenas cirurgias para transplante de córnea, rim e ossos, para pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), de convênios e também particular.

Por este motivo, quando há doação de outros órgãos como coração, fígado, pâncreas e pulmão, o encaminhamento é necessário para outros estados onde os procedimentos podem ser feitos.

Ainda segundo a CET, somente a Santa Casa é credenciada para realizar transplantes de rim no Estado, já os de córnea são feitos também no Hospital São Julião e clínicas particulares – na Capital e em Três Lagoas. Já os transplantes de ossos são no Hospital da Unimed.

Facebook Comentários