Sete emissoras de rádio de MS migrarão de frequência AM para FM

Sete emissoras de rádio de Mato Grosso do Sul foram beneficiadas pela assinatura de um termo aditivo que autoriza a migração de rádios AM para a faixa FM, no país. O documento foi assinado pelo presidente Michel Temer, nesta segunda-feira (7), em evento no Palácio do Planalto em Brasília.

Em Campo Grande, as rádios Difusora Pantanal (AM 1240) e Rádio Ativa (AM 1180) farão a migração. Em Cassilândia, a 418 quilômetros de Campo Grande é a rádio Patriarca (AM 670) que passará pela mudança de frequência para a faixa FM.

As rádios Difusora (AM 850) em São Gabriel do Oeste e Pantanal de Coxim, também estão entre as emissoras divulgadas nesta segunda-feira. As outras duas rádios a terem seus sinais de transmissão melhorados ficam em Ribas do Rio Pardo e Ivinhema.

No total, 240 emissoras de todo o país se beneficiaram com a publicação. O termo assinado nesta segunda-feira (7) em que também é comemorado o dia do radialista, dá continuidade a um processo de migração iniciado ainda em 2013, com a edição do Decreto 8.139.

Naquele ano, das 1.781 estações AM do Brasil, 1.386 (77%) pediram ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações a mudança para a faixa FM, confirme divulgou o órgão.

O próximo passo das emissoras é apresentar ao ministério o projeto técnico de instalação e solicitar a autorização para uso de radiofrequência à Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).

Além de melhorar a qualidade do sinal, a mudança de frequência das emissoras de AM para FM também possibilita que elas sejam acessadas em dispositivo móveis, como em celulares e tablets, por exemplo.

Adriano Fernandes
Facebook Comentários