Data de Hoje - 19/Abril/2019

TAPA-BURACOS: PREFEITURA ESPERA ESTIAGEM PARA AGILIZAR TRABALHOS

Chuvas contínuas faz faltar matéria-prima e dificulta ação direta e contínua  
As intensas chuvas registradas nas últimas semanas está dificultando a realização da operação tapa-buracos em Ponta Porã. A falta de matéria-prima para confecção da lama asfáltica tem sido principal entrave, haja vista que a alta densidade pluviométrica impede a fabricação da lama, usada para revestir a pavimentação em locais abertos pela intensidade das chuvas devido ao tempo.
Mesmo com as chuvas diárias, a Prefeitura de Ponta Porã, através da secretaria municipal de Obras vem intensificando a operação tapa-buracos. Equipes da secretaria de Obras e Urbanismo não paralisam os serviços e executa a ação em todas as regiões da cidade.
Na última semana, o trabalho foi reduzido devido a ausência da matéria-prima. Mesmo assim, as equipes estão a postos realizando o trabalho, iniciado nos pontos mais críticos da pavimentação asfáltica, tanto na área central como nos bairros. Os trabalhos já passaram na região da Vila Áurea e na rua Antonio João, sentido bairro-centro.
O secretário de Obras explicou que os poucos períodos de estiagem para executar a ação são aproveitados ao máximo. O alto índice pluviométrico dos últimos 60 dias danificou a camada asfáltica e em pontos mais críticos houve prejuízos com a abertura de buracos pela intensidade das chuvas.
Além do tapa-buracos, outras equipes executam a manutenção de vias nos bairros. O trabalho já foi executado na região do bairro da Granja, estendendo para o centro e ontem pela manhã a equipe estava na rua Pedro Ângelo da Rosa, na Vila Áurea e seguirá por toda a região norte da cidade.
O prefeito Hélio Peluffo vem acompanhando os trabalhos e disse que a iniciativa está sendo feita com recursos próprios do Município. “É o retorno para a população que pagou o IPTU. Temos uma relação de lugares que vai receber recapeamento. Trata-se de um investimento que precisa ser feito em diversos locais em que as operações tapa buracos não resolvem mais o problema”, afirmou.
O prefeito Hélio Peluffo explica que a escolha dos locais que estão recebendo tapa-buracos são os trechos mais danificados.  O trabalho segue em ritmo acelerado dos bairros para a região central, explicou o prefeito.
Trabalho é realizado mas chuvas provocam transtornos frequentes
Facebook Comentários