Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on google

ALDEIA ALVES DE BARROS FECHAM ALDEIA “ NINGUÉM ENTTRA OU SAI”

Aldeias das Terras Indígenas de Porto Murtinho, das etinias Kadiwel,Kinikinaua e terrenas. na Aldeia Alves de Barros, estão adotando uma série de medidas preventivas com o objetivo de evitar que o novo coronavírus (Covid-19) chegue à comunidade. Entre as ações, estão a limitação e até proibição de visitas com a instalação de porteiras nas entradas e aulas com orientações sobre como se proteger da doença. Se não houver mudança no cenário atual, as comemorações do Dia do Índio poderão ser adiada aos indígenas.

“Nesta semana, estamos fazendo um trabalho com os alunos das escolas – cada aldeia tem o seu professor indígena – falando sobre as prevenções que devem ser tomadas, ensinando as crianças a fazerem a higiene e a lavarem as mãos e orientando as famílias para evitar transitar para cidades vizinhas”, explica o cacique da aldeia.

Se o deslocamento for extremamente necessário, a recomendação do cacique é para que os pais evitem de levar os filhos e pessoas idosas. Os moradores das aldeias estão sendo orientados, ainda, a evitar os espaços com grandes aglomerações. “Todas as aldeias também estão adotando medidas de restrição para a entrada de pessoas que vêm visitar a aldeia,diz.