Bolsonaro cobra ‘compromisso com verdade’ e não fala com imprensa

9/10

O presidente Jair Bolsonaro se recusou a falar com a imprensa na manhã desta segunda-feira (25) em frente ao Palácio do Planalto, em Brasília, e cobrou “compromisso com a verdade”.

“O dia que vocês tiverem compromisso com a verdade, falo com vocês”, afirmou aos profissionais da imprensa.

“A imprensa mundial é de esquerda. O Trump sofre muito nos Estados Unidos”, afirmou. O presidente saiu de máscara, mas tirou para falar com os apoiadores.

Os apoiadores apontaram ao presidente que o setor de turismo precisa de socorro por causa do impacto do coronavírus no setor e Bolsonaro afirmou que não há condições para tratar neste assunto no momento.

“Ninguém tá fazendo turismo mais. Vai ser a atividade que mais vai demorar a voltar a normalidade. No ano passado nós crescemos mais de 10%. Esse ano aqui, menos de 10″, afirmou.

Em contrapartida, Bolsonaro disse que “a agricultura tá dando certo. Estamos exportando mais. O pessoal tem que comer né? Se parar essa atividade aí vira o caos de vez. É o que a esquerda quer”.

Uma apoiadora do Espírito Santo pediu para Bolsonaro colocar as igrejas como serviço essencial. Com um gesto, presidente pediu para alguém da segurança anotar o pedido e respondeu: “Vou ver se resolvo hoje essa parada”, disse.