Estado do Rio paga o dobro do preço em respiradores

O Governo do Rio de Janeiro comprou respiradores por mais que o dobro do preço de mercado para ajudar no combate ao coronavírus. Em alguns casos, a diferença entre o respirador adquirido pelo Rio e o produto comprado por outros estados, chega a mais de R$ 100 mil, segundo o portal Band News.

O Estado do Rio comprou 300 respiradores da empresa A2A Comércio, pelo valor de R$ 198 mil cada. Já o Governo de Pernambuco, comprou 13 respiradores por R$ 74 mil cada.

O Rio também fechou um contrato com a OS Iabas, no valor de R$ 835 milhões para a implementação de 1.400 leitos em 7 hospitais de campanha. Já a Prefeitura do Rio de Janeiro prevê um gasto de R$ 151 milhões para manter os 500 leitos do seu hospital de campanha no Riocentro, zona oeste da cidade.

Dividindo os valores por leito, a Prefeitura gastará cerca de R$ 50 mil mensais por leito, já o estado, R$ 99 mil.

A Secretaria de Estado de Saúde afirmou que verificou variação de valores nos produtos e abriu uma auditoria permanente para apuração do caso.