CiênciaFOLHA DE MURTINHO - O SEU JORNAL ELETRÔNICOMEIO AMBIENTESaúde

Chá de quebra-pedra – Benefícios e propriedades

Conhece o quebra-pedra? Essa planta que normalmente nasce em pequenos espaços entre pedras, pode ser encontrada em quintais, passeios de calçadas, entre fendas de muros e etc., fato que populariza seu uso como chá medicinal.

Famosa por quebrar pedras nos rins, seu nome científico é Phyllanthus niruri L. e é originária da Europa e da Ásia.

Propriedades

A erva quebra-pedra pode ser usada para o combate às pedras nos rins, cólica renal, infecções respiratórias, catarro, ácido úrico elevado, amenorreia, disenteria, inchaços, problemas na próstata, hepatite B e falta de apetite. Seus benefícios se devem às suas propriedades diuréticas, analgésicas, anti-inflamatórias, adstringentes, relaxantes, anticancerígenas, anti-infecciosa, e por conter ácido linoleico, linolênico e ricinoleico, compostos fenóicos, vitamina C, lignanas, triterpenóides, flavonoides quercetina, rutina, astragalina, nirurina, fisetina, glicosídeos, triacontanal, hipofilantina, derivados flavonicos, triterpenóides, esteroides e estradiol.

Como fazer o chá de quebra-pedra

Para o preparo do chá, é preciso pegar 1 litro de água e 10 gramas das folhas secas de quebra-pedra. Coloque as folhas na água, e leve ao fogo. Deixe ferver por aproximadamente 10 minutos. Desligue o fogo, tampe o recipiente e deixe descansar por cerca de dez minutos.

Consuma de duas a três xícaras ao dia.

Efeitos colaterais e contraindicações

O chá deve ser tomado em períodos curtos, por até 21 dias, uma vez que pode ser tóxico. Se for necessário continuar o tratamento, faça uma pausa de uma semana, e então tome durante mais três.

O chá não deve ser consumido por crianças, mulheres grávidas e em fase de amamentação.