China vê casos ativos de covid-19 caírem e começa a voltar ao normal

9/10

A China começa a voltar ao seu ritmo normal, depois de quase três meses de restrições severas de mobilidade e vigilância extrema para conter a propagação do novo coronavírus no país, ao mesmo tempo em que registra queda constante no número de casos ativos de covid-19. Isso significa que o número de novos casos diagnosticados tem sido menor do que o de pacientes que recebem alta do tratamento para a doença.

As autoridades chinesas também comemoraram o primeiro dia desde o início do surto sem nenhuma morte provocada por coronavírus.

De acordo com as autoridades chinesas, o país tem hoje 1.242 casos ativos, dos quais 211 estão em estado grave — o menor número desde janeiro. A preocupação de momento é com casos importados de covid-19, que continuam sendo registrados, ainda que em número pequeno. Na segunda-feira, foram 39 novos casos (sendo apenas um de contágio interno), enquanto na terça-feira foram 32 (todos de pessoas que voltaram de viagem do exterior).