Share on facebook
Share on skype
Share on email
Share on whatsapp

Com previsão de até 0ºC, Capital pode ter o maior frio em 46 anos

A última semana do mês de julho, além de ser marcada pela maior onda de frio do ano em Campo Grande, poderá ser a de maior intensidade desde 1975, quando o município registrou mínima de -2,4ºC, conforme o meteorologista Natálio Abrahão.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), massa de ar polar com origem no Rio Grande do Sul deve provocar geada e temperatura de 0ºC na Capital entre quinta-feira (30) e sexta-feira (31).

“Poderemos ter temperaturas ainda mais baixas do que a onda de frio anterior. No mês passado já tivemos algumas cidades com mínimas negativas, e nesta semana esse fenômeno deve atingir ainda mais municípios”, relatou Abrahão.