Share on facebook
Share on skype
Share on email
Share on whatsapp

Defensor do uso medicinal da maconha, ‘Dr. Cannabis’ é executado na fronteira com o Paraguai

Por g1 MS

Defensor do uso medicinal da maconha, o estudante de medicina Sandro Sánchez, morreu nesta quarta-feira (16) após ter sido atingido com um tiro em frente a associação cannabica medicinal de Pedro Juan Caballero (APACAM), no Paraguai, cidade vizinha da brasileira, Ponta Porã (MS).

Segundo a polícia de Ponta Porã, o ‘Dr. Cannabis’, como era conhecido, foi atingido com um tiro no tórax e levado para o hospital do município, onde passou por atendimento médico e acabou morrendo na mesa de cirurgia.

Sánchez atuava como presidente na associação cannabica medicinal de Pedro Juan Caballero (APACAM) e defendia o uso da planta para fins de tratamento médico.

Caso segue em investigação.

O estudante de medicina atuava como presidente na associação cannabica medicinal de Pedro Juan Caballero (APACAM) e defendia o uso da planta para fins de tratamento médico.  — Foto: Redes sociais