Murtinhenses se preparam para a manifestação do dia 15 de março.

Murtinhenses se preparam para a manifestação do dia 15 de março.

Principalmente através de produtores rurais, a comunidade murtinhense, deverá tomar parte em manifestações nacionais que estão programadas para o dia 15 de março.
A reportagem do folha de murtinho, falou com “Nininho” Firmino Cortada Filho, liderança entre os agropecuaristas, que nos falou que estão sendo mobilizados os cidadãos de bem, Em uma delas sobre os Murtinhense que moram na capital, que participem das manifestações representando nosso município, E a nossa aqui, e que os Murtinhense que estejam em murtinho, que se reunam conosco no domingo, a princípio, estaremos nos reunindo nas proximidades do auto posto Murtinhense próximo a MV conveniência, às 16 horas com destino à praça Tomás Laranjeiras no centro em frente ao Banco do Brasil. Ele conta que estão sendo mobilizados os segmentos organizados da sociedade Murtinhense, na cidade e no campo. Nininho afirma que a intenção é que nós Murtinhense brasileiros e paraguaios, somem neste ato nacional contra a corrupção em todas as esferas do poder. Disse Nininho.

O ato converte-se em apoio ao presidente Jair Bolsonaro, neste momento em relacionamento delicado com o Congresso Nacional. O presidente e o Poder Legislativo do Brasil não possuem uma boa relação, com acusações de ambos os lados.

O presidente Jair Bolsonaro injetou tensão na reta final do Carnaval ao partilhar um vídeo por Whatsapp onde convocou o público para uma manifestação no dia 15 de março de apoio ao Governo. O protesto, segundo o jornal O Globo havia sido sugerido, inicialmente, pelo general Augusto Heleno, ministro do Gabinete de Segurança Institucional, que aventou a ideia de protestos contra o Congresso Nacional depois da queda de braço sobre controle de execução de emendas parlamentárias no orçamento da União. Na última terça, 19, Heleno se reuniu com o presidente e teria proposto “convocar o povo às ruas”.
Em noticiário na internet há muitas críticas contra a manifestação, acreditando que isso pode resultar em ato anti-democrático de quem não quer a participação do Congresso Nacional na tomada de decisões em favor do Brasil.
Venha para a rua você também!!

Hildebrando Procópio
Jornalista DRT 1922/MS