CAMPO GRANDE - CAPITALEconomiaFOLHA DE MURTINHO - O SEU JORNAL ELETRÔNICOMATO GROSSO DO SUL

Parceria público-privada é uma das ações estratégicas do Programa Investe Turismo em MS

O Programa Investe Turismo vai promover a integração dos setores público e privado de Mato Grosso do Sul, com o objetivo de melhorar a qualidade dos destinos turísticos e com isso, gerar emprego e renda. Esta é uma das ações que os municípios contemplados com o projeto do Sebrae, Ministério do Turismo e Embratur vão receber. O lançamento foi realizado na última quarta-feira (3) em Bonito.

O Programa vai injetar mais de R$ 6 milhões nos negócios para acesso ao crédito, melhoria de serviço e inovação. Em MS, serão beneficiadas as rotas turísticas do Pantanal Sul e da Serra da Bodoquena. As regiões vão receber ações baseadas em quatro eixos estratégicos, como o Fortalecimento da Governança. Nele, serão aplicadas metodologias como o Líder e o Lidera Turismo, desenvolvidas pelo Sebrae. A proposta é criar uma agenda estratégica integrando o poder público e empresários de todos os segmentos envolvidos no setor.

Para o diretor-superintendente do Sebrae/MS, Claudio Mendonça, a integração vai trazer melhorias para os municípios. “O Turismo envolve mais de 50 setores, quando nós elevamos o serviço de uma loja, de um bar ou restaurante por exemplo, ele não é só para o turista externo, também é para as pessoas que estão no município, isso envolve um melhor resultado para todo mundo”. Ainda segundo o diretor, a parceria inclui o setor produtivo do Estado, representado pelo Sistema Fiems, Sistema Famasul e Fecomércio.

De acordo com o presidente da Fiems, Sérgio Longen, a integração traz o resultado e há oportunidades no Estado. “Temos oportunidades em todas as áreas, no ambiente industrial, agronegócio, comércio, muito se discute o turismo separadamente, agora estamos juntos, acreditamos que este vai ser o diferencial”, afirma.

Ainda na parceria, o Governo do Estado continuará um trabalho já iniciado. Conforme o diretor-presidente da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (Fundtur/MS), Bruno Wendling, com o Programa Investe Turismo, a meta é fortalecer as associações dos empresários das rotas contempladas, realizar road shows levando-os para conhecer destinos emissores e fazer novas captações para MS. “Governança, captação de novos voos, promoção e apoio à comercialização, basicamente são as linhas de atuação do Investe junto à fundação de Turismo e o Sebrae”, disse.

Segundo o Secretário Nacional de Estruturação do Turismo, Robson Napier Borchio, “a participação do Sebrae abre um espaço para o Ministério do Turismo, principalmente na questão do empreendedorismo, agregando esse valor substancial, esse conhecimento que o Sebrae tem de todas as regiões vai ajudar muito a dar uma potencializada nas regiões levantadas”, finaliza.

O pacote de investimentos prevê, além integração dos setores público e privado, a melhoria dos serviços e atrativos turísticos das rotas, com foco especial nas micro e pequenas empresas; atração de investimentos e apoio ao acesso a linhas de crédito e fontes de financiamento; e marketing e apoio à comercialização, com campanhas, produção de inteligência mercadológica e participação em eventos estratégicos.