CIDADES DO INTERIOR DO MS.FOLHA DE MURTINHO - O SEU JORNAL ELETRÔNICOMEIO AMBIENTEnotícias

PMA multa funcionário de hotel por divulgar pesca predatória; veja vídeo

A Polícia Militar Ambiental (PMA) multou em R$ 1,9 mil um homem de 40 anos por pesca predatória em Miranda, cidade no noroeste de Mato Grosso do Sul. Em um vídeo divulgado nas redes sociais, o homem, que trabalha como piloteiro de um hotel, aparece com dois turistas de São Paulo.

No vídeo, três pessoas aparecem em uma embarcação no rio Miranda, e uma delas detalhava no que tinham 41 peixes da espécie piavuçu e os mostrava. Através dessas imagens, os policiais identificaram o local da pescaria ilegal e, em seguida, o piloteiro. Ele confessou o crime.

Para verificação do ato de pesca predatória, a PMA considerou, no mínimo, o peso médio de 1 kg por exemplar de peixe capturado, obtendo um total de 41 kg de pescado, portanto, acima da cota permitida que é de 5 kg mais um exemplar e cinco piranhas por pescador. Em resumo, os três pescadores poderiam ter matado em torno de 18 kg daquela espécie de pescado, o que daria pelos cálculos da corporação, apenas 18 exemplares.

Os outros pescadores serão localizados e autuados também em R$ 1,9 mil. Os autuados responderão também por crime ambiental de pesca predatória. Se condenados pelo crime ambiental poderão pegar pena de um a três anos de detenção.