Share on facebook
Share on skype
Share on email
Share on whatsapp

Previstas para 2024: ferrovias devem gerar 30 mil vagas de emprego em MS

Com investimento de R$ 5 bilhões, o projeto da Nova Ferroeste é uma das obras mais esperadas para o próximo biênio, 2023 e 2024 e promete gerar mais de 30 mil empregos diretos e indiretos com implantação da malha ferroviária. A extensão vai ligar Maracaju a Dourados para a Eldorado Brasil Celulose, a construção também irá abranger a rota entre Três Lagoas e Aparecida do Taboado.

A construção e implantação da malha ferroviária foi autorizada pelo governo federal a pedido da empresa Eldorado Brasil Celulose, que tem a previsão de investir R$ 5 bilhões, dividindo os valores nos dois trechos, sendo R$ 890 milhões somente entre Três Lagoas e Aparecida do Taboado. O trecho previsto é de 89 km de ferrovia nova, que será implantada para a escoação de celulose produzida no Mato Grosso do Sul diretamente para a fábrica.

Recursos

Para a realização da obra, os investimento serão disponibilizados por meio do leilão da B3, Bolsa de Valores. O projeto da Nova Ferroeste já foram iniciados, como apresentação e oferta da ferrovia para investidores nacionais e internacionais feitos pelo Governo do Estado e o Paraná. Um dos recursos entregues recentemente foi a entrega do EIA-RIMA (Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental), da ferrovia ao Ibama.