Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on google

Radialista José Paulo de Andrade morre aos 78 anos

9/10

O radialista José Paulo de Andrade morreu aos 78 anos na manhã desta sexta-feira (17). Ele estava internado no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, desde o último dia 7 de julho e perdeu a luta contra covid-19.

Segundo o boletim médico da última quarta-feira (15), divulgado pelo jornalista Claudio Junqueira, o quadro de saúde dele permanecia delicado, mas estável. No entanto, Zé Paulo teve uma piora e, nesta sexta-feira, não resistiu, de acordo com confirmação da rádio Bandeirantes.

“É com muita tristeza que comunicamos a morte do nosso colega e amigo José Paulo de Andrade. O Zé Paulo tinha 60 anos de rádio, 57 de Rádio Bandeirantes. Nosso companheiro no ar e fora dele. É com muita tristeza que comunicamos o falecimento dele”, disse Thays Freitas, diretora da emissora em comunicado transmitido ao vivo.

Em nota, o Grupo Bandeirantes disse que “José Paulo de Andrade deixará um legado indiscutível, um vazio enorme e muitas saudades”

Zé Paulo era casado e tinha dois filhos. Começou a carreira em 1960, quando tinha apenas 18 anos. Aos 21, foi para a Rádio Bandeirantes, onde atuou como repórter, apresentador e locutor esportivo.

Desde 1973, ele apresentava o jornal O Pulo do Gato. Essa trajetória à frente do noticiário foi retratada no livro Ninguém Segura Esse Gato, lançado em 2018 pelo jornalista Claudio Junqueira.