Toffoli defende o Judiciário e pede “paz institucional” após ataques “Precisamos de paz institucional, prudência e união”, diz o presidente do STF em ato em defesa da democracia e do Judiciário

O presidente do STF, Dias Toffoli, participou nesta segunda-feira (8) do evento virtual de lançamento do Ato em Defesa da Democracia e do Judiciário. Foi a primeira fala do ministro após quinze dias de licença médica. Toffoli defendeu o Poder Judiciário, que vem sendo alvo de protestos que pedem o fechamento do STF.

“Atentar contra o Poder Judiciário, contra o Supremo Tribunal Federal ou contra os seus ministros individualmente é atentar contra a própria democracia. Defender o Poder Judiciário é defender a democracia (…) Vai demitir 11 ministros do STF e colocar o que como solução? Isto não está dentro da nossa carta democrática”.

“Quanto aos confrontos, devemos dizer que não há espaço para eles em um momento tão difícil. Não podemos radicalizar diferenças a ponto de inviabilizar o diálogo. Devemos buscar o entendimento a fim de trilhar o caminho da pacificação social”.